segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Depressão

Falar, escrever sobre morte não é sinal de Depressão. No seu pior, no seu mais indecoroso, a Depressão esvazia, esmaga, desumaniza. É autofágica. Dizer que somos um "nada" não é exacto, pois resta-nos a percepção, o entendimento do que nos tornámos: um invólucro vazio. Mais do que isso, a acusação do que nos tornámos. A linguagem falha. Ou falho-a eu.