terça-feira, 31 de agosto de 2010

Scandalous Wench!

(clique para ampliar)


Preserves - Nicholas Gurewitch

Preserves, Nicholas Gurewitch (The Perry Bible Fellowship)

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Depressão

Falar, escrever sobre morte não é sinal de Depressão. No seu pior, no seu mais indecoroso, a Depressão esvazia, esmaga, desumaniza. É autofágica. Dizer que somos um "nada" não é exacto, pois resta-nos a percepção, o entendimento do que nos tornámos: um invólucro vazio. Mais do que isso, a acusação do que nos tornámos. A linguagem falha. Ou falho-a eu.

domingo, 29 de agosto de 2010

Comentador italiano




E eu que julgava muitos comentadores portugueses histriónicos...

Nu dominical

Terry Richardson

Terry Richardson












When you hear sweet syncopation
And the music softly moans
'T ain't no sin to take off your skin
And dance around in your bones

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

O sentido da vida

É para baixo.
Tradicionalmente, fixamo-nos ali a cerca de metro e meio, dois metros, de profundidade. Mas mesmo que não seja essa a vontade — e não é a minha —, as cinzas, tal como os sedimentos, assentam, e, também nesse caso, o sentido é claro: baixo. A velhice torna-o evidente: os músculos atrofiam, os ossos desgastam-se, ficam porosos, arqueados; a pele perde firmeza, descai; vê-se na cara, debaixo dos braços, nas mulheres o peito, nos homens os testículos, todos a barriga, as ancas, a face. Sempre, sempre, para baixo.

Vou beber um café.

Stu Mead

Stu Mead

Stu Mead




Algumas das poses terão sido retiradas, possivelmente, desta foto.

Há uma candura nesta imagem que me atrai. E com uma curiosidade: descubro que a rapariga nua é-me quase invisível. Os meus olhos fixam-se sempre nas mulheres, na sua pose, e, por alguma razão, nos olhos da loura do centro (cliquem na imagem para ampliá-la). Justo o contrário do que aqui ocorre (soa-me algo espanholada esta frase... ).

Esse post é, todos os meses, há anos (com uma única interrupção, que me recorde), o mais visto neste blogue (12% das visitas na última semana, diz-me o google analytics). O meu ponto mais alto na blogosfera: pedofilia. No entanto, esses 12% tiveram em média uma permanência de 46 segundos. É possível ler o texto nesse tempo, mas parece-me excessivamente curto se envolver também, como é requisito, olhar bem a foto. Conclusão óbvia: o meu ponto mais alto na blogosfera nem sequer é meu, pertence a Jock Sturges e, principalmente, ao uso da etiqueta "pedofilia" no rodapé (a "sexo" também não prejudica). Não o escrevo surpreendido, escrevo-o como complemento do post aqui em baixo: A sobrancelha judaico-cristã, roubado ao Pedro Mexia ("não há que ter medo de copiar o que é bom", disse-me alguém; tomei-o à letra).

A sobrancelha judaico-cristã

"Ele discorre sobre Bataille e o «caos do desejo» que afronta os nossos inaceitáveis «tabus e preconceitos» incutidos pela arcaica cultura «judaico-cristã». Está embalado nisto, quando entra no escritório a filha dele, tem talvez catorze anos, e umas pernas altíssimas e moreníssimas. Não consigo evitar uma olhadela. O fã de Bataille franze logo a sobrancelha judaico-cristã."


Pedro Mexia

domingo, 22 de agosto de 2010

Humor negro

Evelyn Waugh - The loved one


Para amantes do género, e mesmo para os que não o são, recomendo The loved one — An Anglo-American tragedy (1948), de Evelyn Waugh. O link é para uma edição alemã, ainda que contendo o texto original inglês, mas há em Portugal uma tradução do Jorge de Sena com o título O ente querido, pela Cotovia.

Nu dominical

Christian Schad

Duas raparigas (1928), Christian Schad

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Os Whinery

Russell Lee

A família Whinery (1940), Russell Lee

Os Bad Seeds









Os Caudill

Russell Lee

Faro e Doris Caudill (1940), Russell Lee



Russell Lee

A família Caudill jantando na sua habitação* (1940), Russell Lee




Estas e outras aqui.

Estou a ficar velho.





* "Dugout" no original. Julgo que aqui o "abrigo" seria mesmo a "habitação", escavada numa colina.

domingo, 1 de agosto de 2010

Nu dominical

Michael Dweck

Michael Dweck