domingo, 22 de março de 2009

Battlestar Galactica

Battlestar Galactica

Acabou a minha novela. Infelizmente aconteceu aquilo que temia desde o início: a tentação da explicação divina foi mais forte; era mesmo Deus puxando os cordelinhos, cada vez que ocorria algo mais bizarro... (suspiro)... Como dizia alguém (parafraseado):


Produtor: — Bom, e agora?, como resolver a embrulhada?
Argumentistas: — E nós é que sabemos?!
Produtor: — Ok, dizemos que foi Deus e não se fala mais nisso...


Magia. Está resolvido. Deus, anjos, profecias e desígnios insondáveis. Pior seria só o escape clássico: alguém acorda e assim nos informa que tudo o que vimos não foi mais do que um sonho.



Basestar - Battlestar Galactica

Mas mesmo um geek decepcionado como eu tem que reconhecer que dificilmente voltará a ter com outra série o prazer que esta proporcionou. Fazia download de cada episódio como um puto à espera dos presentes de Natal — sim, sou um triste. Vi hoje de manhã o último e já sofro com a abstinência (não me ocorre melhor termo para "withdrawal"; "ressaca" não serve mas "abstinência" é voluntária...). Aliás, já sofria antecipadamente, sabendo que o fim se aproximava.



Battlestar Galactica

Adenda: Afinal ainda haverá uma longa metragem para tv no Outono, com os mesmos actores. Vai recuar no tempo e apresentar outra perspectiva de alguns acontecimentos já conhecidos.



Battlestar Galactica