terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Um dia...

Vivarin

anúncio a comprimidos Vivarin



Clique para ampliar. Por favor.

Em 1971 foi feita uma queixa contra este anúncio pela FTC (associação americana de protecção do consumidor). A razão que levou à sua proibição foi o facto dos comprimidos não serem mais do que doses de cafeína (cada comprimido equivale a duas chávenas de café) e não um afrodisíaco ou substância mágica capaz de tornar atraente e interessante quem quer que seja (para isso temos já o álcool, mas tem que ser administrado ao/à parceiro(a)).